20/03/13

Jean Wyllys recebe novas ameaças e decide reforçar segurança




Em reunião com representantes da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e do gabinete da Ministra Maria do Rosário, o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) decidiu pelo reforço de sua segurança, inclusive através de proteção policial, em face dos recentes e lamentáveis episódios ocorridos recentemente.

Devido a campanhas difamatórias contra Wyllys, divulgadas inclusive por funcionários da própria Câmara dos Deputados lotados no gabinete do deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), centenas de insultos e ameaças à vida e segurança do deputado já foram recebidos nos últimos dias. A assessoria jurídica do gabinete, em conjunto com outros parlamentares e profissionais igualmente difamados, está protocolando representações criminais contra criadores e divulgadores de vídeos, imagens e notícias que caluniem ou incitem a violência, publicados em perfis, portais de notícias e blogs.

Tais campanhas ganharam grande reforço nos últimos dias por conta da firme oposição do deputado Wyllys às alianças políticas que levaram Marco Feliciano – que publicamente emitiu diversas declarações que insultam a luta histórica de negros, LGBTs e mulheres por igualdade – à presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. Elas são uma forma de desqualificar a própria defesa pelos direitos humanos de minorias historicamente difamadas e justificar a exclusão destes grupos dos trabalhos da Comissão.

 

Compartilhe:
Share on Google+